segunda-feira, 4 de julho de 2011

Ca-cum

Uma coisa que eu tenho agonia é quando a criança fica falando uma coisa, tentando se expressar e a gente não entende. Clara agora começou a soltar a língua, anda se aventurando nas palavrinhas novas e é a coisa mais fofa desse mundo (já falei mil vezes que estou adorando essa fase né). Geralmente ela fala alguma coisa e quer ver se a gente entendeu, fica olhando pra nossa cara e esperando que a gente repita o que ela tá falando. As vezes eu não entendo e vou tentando várias coisas, e ela dizendo nã, nã, nã, até que eu acerte o que é.
Pois desde quando estávamos no Rio ela começou a falar: Ca-cum, ca-cum, ca-cum. Ela repete e fica me olhando esperando que eu entenda. E nada, eu tentei de tudo e não era nada. Voltamos pra casa e vira e mexe ela solta: ca-cum, ca-cum. Bem ritmado. Até que um dia desses estávamos pegando os DVDs pra ela ver, ela pega o Pé com pé da Palavra Cantada e começa a gritar: Ca-cum, ca-cum!!! e a sapatear pela sala. Pois é amigos, uma coisa tão óbvia, como eu pude não entender?? Ca-cum, ca-cum, nada mais é que Pé-cum-pé, pé-cum-pé... (risos)

5 comentários:

Lu,mamãe do Deko e da Leka disse...

hahahaha...oh mamae como que vc nao entendeu coisa tão facil!kkkkk
a gente fica mesmo tentando acertar todas,decifrando,deveria ter um dicionario!kkk meu filho agora fala bem direitinho mas no começo foi um horror....kkk agora vem a lequinha vamos ver como vai ser!beijinhos

Lia disse...

O pior é quando a gente não descobre, né? Aqui nós deciframos quase tudo que Emília fala, por mais sem sentido que pareça. Por exemplo, algo parecido com uva (nem sei reproduzir... oua, sei lá), é suco. Qualquer suco. Isso porque o preferido é o de uva.
Mas uma palavra que a gente ainda não conseguiu decifrar é "nêiss". Parece "nesse', mas não é. Um dia a gente descobre...

Fabiana disse...

Hahahahaha. Laura começou esses dias a soltar essas palavras enigmáticas. E olha pra nossa carinha e fala a “coisa” repetidas vezes. É muuuito divertido tentar adivinhar.

Bjos.

Paloma, a mãe disse...

Ahaha, demais! Eu também passei por estas com a Ciça, de só descobrir o que ela queria dizer meses depois. Bebês fazem cada associação, né? Por isso é tão genial este processo.
Beijos

Dayane Cavalcante disse...

Kkkkkkkk!Deve ser agoniante não entender o que eles querem!