quinta-feira, 31 de maio de 2018

Clara já tem 8!

Ando totalmente ausente do blog, bem desanimada de escrever. Mas quando penso em tanto tempo e tanta história já tem registrada por aqui dá uma vontade de voltar... Resolvi então falar um pouco sobre a festa de aniversário de 8 anos da Clara, que foi em fevereiro.

O tema escolhido para a festa de 8 anos foi "Harry Potter", de todos o que eu mais gostei! Clara começou a gostar de Harry Potter há pouco tempo, assistiu os filmes e nós lemos juntas o primeiro livro. Como eu amo as histórias dou o maior incentivo.

Fizemos uma festa simples, mas ficou bonitinha. Contratamos animadores que conseguiram entreter a criançada muito bem, com diversas brincadeiras. Convidamos vários amiguinhos e todos brincaram muito! A chuva atrapalhou um pouco, restringindo o espaço da festa a uma área coberta, mas Clara ficou muito feliz em poder comemorar com os amigos queridos e se divertiu bastante.





Gemialidades Wesley

Poções mágicas

Feijoezinhos de todos os sabores

Corujas não podem faltar

Com a querida prima Thainã

Did you seen this wizard?

Lembrancinhas


Querida família


Até a Murta que Geme apareceu por aqui!

Turminha feliz

Serviços:
Mesa Temática: Festivity
Animadores: Trio Bagunça
Personalizados: Canto de Fadas

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Fernando de Noronha com criança

Post super atrasado das férias de julho de 2017.

Fernando de Noronha para mim é o destino de praia mais perfeito do Brasil, não tem comparação com nenhum outro local, pois combina várias coisas que eu amo em praia: mar calmo (depende da época do ano), muita vida marinha e praias vazias, sem muvuca (e sem as malditas caixinhas de som na areia, que odeio). Eu e Jorge já tínhamos ido há uns 10 anos atrás, gostamos tanto que prometemos voltar sempre que pudermos. Infelizmente demorou mais do que gostaríamos, mas finalmente voltamos.

Tínhamos 1 semana de férias em julho e nada programado. Comecei a procurar alguma coisa pra fazer e encontrei passagens com bons preços para Noronha. Depois de ter comprado soube que em julho lá chove bastante, mas não perdi as esperanças de tudo iria dar certo.

O mês de julho foi bastante chuvoso em Noronha. Na semana anterior à nossa ida choveu bastante, muitas áreas ficaram alagadas, estadas intransitáveis, uma confusão. Cheguei a pensar em cancelar, mas decidimos arriscar. Foi a melhor coisa que fizemos pois pegamos uma semana inteira de tempo excelente, com algumas pancadas de chuva rápidas a noite e dias de céu muito azul e mar super tranquilo, perfeito!

O unico perrengue que passamos foi logo no dia seguinte da nossa chegada. Fomos para a Baia dos Porcos pela praia, saindo do Boldró, onde estávamos hospedados. Super tranquilo de ir a pé. O problema é que passamos horas nos Porcos (minha praia preferida!) e na hora de voltar a maré tinha subido e não dava mais para ir até o Boldró. Tivemos que sair pela Cacimba do Padre e estávamos sem transporte para voltar. Ficamos sem noção da distancia e decidimos ir andando até a rodovia, mas era bem longe e a estrada estava pura lama por conta das chuvas da semana anterior. Em alguns trechos era impossível passar se não fosse pela lama, que em alguns trechos estava bem malcheirosa. Foi um perrengue com a Clara, ficamos cansados e bastante enlameados. Ao chegarmos na rodovia acabamos terminando de ir a pé até o alojamento, pois os onibus lá demoram demais. Depois disso tudo decidimos alugar um buggy pois facilita demais a locomoção, permitindo um aproveitamento muito melhor do tempo na ilha. Outra opção também é andar de taxi, mas nesses dias os carros não estava conseguindo chegar nas praias em função da lama.

Fizemos somente um passeio pago, no barco Trovão dos Mares, que vai de uma ponta à outra das ilhas, no mar de dentro, que é mais calmo. Esse passeio tem o preço bem salgado, mas o diferencial é que ele inclui um tempo de 2 horas parado dentro da Baía do Sancho, uma hora se pode mergulhar a vontade e na outra hora é servido um almoço no barco. Infelizmente os golfinhos nos deixaram na mão e decidiram fazer apenas uma rápida aparição mas mesmo assim valeu a pena o passeio.

Fomos também para o Porto, que é o melhor lugar para ver vida marinha com snorkel, além de ser possível ver um naufrágio. Nós amamos mergulhar no Porto, vimos muita coisa lá, incluindo dezenas de tartarugas e uma arraia de mais de um metro de largura! A cada volta de snorkel a gente se maravilhava de ver tanta vida marinha. No final de semana estava um pouco cheio, muito mais gente que no meio da semana, mas nada que tenha prejudicado.

Outro lugar imperdível é a Baia do Sacho, eleita a praia mais bonita do mundo algumas vezes. A estrutura de apoio no Sancho está bem legal, com lojinha, lanchonete e passarelas até o ponto de descida e um novo mirante, de onde é possível ver não só o Sancho como a Baía dos Porcos do alto. A descida para o Sancho é uma pequena aventura e a praia em si é uma delicia.

Visitamos ainda a Praia do Meio e Conceição, Leão e Sueste, Museu do Tubarão, assistimos às palestras no Projeto Tamar. Teve por do sol no Forte dos Remédios e muita comida gostosa.

Na outra ida a Noronha mergulhamos de cilindro e foi fantástico! Dessa vez não fomos porque teríamos que revezar para um ficar com a Clara e achamos melhor deixar para outra oportunidade. Porém fomos até o naufrágio do Porto e vimos tanta vida marinha só com snorkel que ficamos super felizes. Outro lugar que não conseguimos ir dessa vez foi na piscina do Atalaia, pois não conseguimos reservar.

Foi uma viagem deliciosa! Clara já tinha mergulhado com snorkel quando fomos para o Caribe, então já sabíamos que ela conseguia. Todos os dias ela ia conosco num mergulho com snorkel e depois queria ficar só no raso brincando na água. Então nos revezávamos pra ficar com ela enquanto o outro ia aproveitar o snorkel.

Nossa experiencia em Noronha foi maravilhosa, tanto quando fomos somente em casal quanto com a Clara. Para quem gosta de mar-piscina como eu, é importante observar a época do ano em que o mar de dentro é bem calmo, pois na outra época é palco até de campeonato de surf! Importante ressaltar que é obrigatório fazer reserva para vários passeios na ilha, tais como as trilhas e a piscina do Atalaia. O ideal é fazer isso assim que chegar na ilha, pois alguns passeios são bastante concorridos. O local de reserva fica ao lado do Tamar, em frente ao ICMBio, no mesmo local onde se paga a taxa ambiental.

Seguem algumas fotos do paraíso:

Praias lindas e vazias!!!

Snorkel na Baía dos Porcos

Brincando com a Mabuia

Minha praia preferida: Baía dos Porcos




A Vida marinha é riquíssima!

Vimos muitas tartarugas

Almoço no Trovão dos Mares, no Sancho

Vila dos Remédios

Forte Nossa Senhora dos Remédios






Baía do Sancho

Baía dos Porcos


quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Chegou o novo portal Viagens com Filhos!


Hoje, 12 de outubro, dia das crianças, é o lançamento do maior portal brasileiro sobre viagens com filhos, criado por mais de 50 blogueiros(as) com experiência no assunto. 

O portal é derivado de um grupo fechado do Facebook, onde os autores dos blogs já vinham trocando experiencias e compartilhando suas viagens e dicas, com uma variedade imensa de destinos e estilos de viagens, mas com uma característica comum: viajar com filhos.

A ideia do portal é compartilhar as experiências de viagens para os mais diversos destinos no Brasil e no mundo. Alguns autores são bastante experientes e outros ainda começando suas jornadas, mas todos com o mesmo intuito, que é mostrar que viajar com as crianças não só é possível como pode ser muito divertido. 

O Bebe Piccolo não é um blog voltado inteiramente para as viagens, mas já temos diversos relatos e experiencias de nossas viagens com a Clara a tiracolo e queremos compartilhar, quem sabe assim estimular as familias a ganharem o mundo com seus filhos.

Os posts do portal Viagens com Filhos possuem diversos marcadores, possibilitando a busca por continentes, países, cidades, tipos de viagem, por blogs e até mesmo pelos autores. Além dos relatos de viagem em si, também pode-se encontrar dicas e análises de hotéis e restaurantes, passeios e roteiros, vídeos e muito mais. Venha conhecer nosso portal e se inspirar! 

Clique aqui para ver nossos posts compartilhados no portal.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Primeira vez em Gramado e Canela


Esse ano finalmente fomos conhecer Gramado e Canela (em abril/2017). Há tempos estávamos querendo ir e dessa vez deu certo, pegamos uns dias de férias entre 2 feriados e embarcamos. Fomos de avião até Porto Alegre, alugamos um carro e seguimos direto para Gramado. O tempo estava bem ruim no dia da chegada então optamos por pegar o caminho mais rápido, não passamos pela rota mais bonita.

Em Gramado nos hospedamos no Hotel Glamour da Serra, reservado pelo Booking. Escolher um hotel em Gramado não é tarefa muito fácil, diante da quantidade de opções, mas a maioria tem preços bem salgados. Escolhemos este hotel baseados em 2 fatores principais: localização e preço. Além disso tem estacionamento gratuito (pequeno) e a nota no Booking é 8,7. Achamos que valeu a pena principalmente pela localização, dava para andar todo o centro a pé, o que é uma grande vantagem, pois nos dias em que a cidade está cheia é complicado circular de carro por lá e mais complicado ainda conseguir lugar para estacionar. 

Maravilhosas vitrines das lojas de chocolate
Chegamos na sexta-feira antes da Páscoa e a cidade estava toda decorada, muito bonita. Nos 2 primeiros dias o tempo ficou chuvoso e aproveitamos para fazer os passeios em lugares fechados. Até domingo a cidade estava lotada, depois ficou bem tranquila. No dia da chegada ficamos andamos pelo centro, olhando as lojas de chocolate e a noite fomos na nossa primeira sequencia de fondue em Gramado (hummm). 

Dia seguinte, tempo ainda ruim, rumamos para Nova Petrópolis. Lá andamos pelo centrinho, Clara e Jorge foram no labirinto da praça e depois fomos para o Parque do Imigrante. Primeiro almoçamos no restaurante alemão que fica dentro do parque e depois fomos dar uma volta na aldeia do imigrante. Gostamos muito da aldeia, é bem charmosa e é igual uma vila alemã autentica, Bem legal! A noite fomos no espetáculo Korvatunturi, muito bom!

Aldeia do Imigrante
Korvatunturi
No domingo o tempo estava ainda pior, chovendo bastante e com baixa visibilidade. Fizemos então programas indoor. Fomos direto conhecer o Reino de Chocolate da Caracol. Sem saber fomos no último dia antes de uma reforma na atração, que ficaria fechada por 2 meses. A cafeteria de lá é uma delícia, com uma vista linda e um delicioso chocolate quente. A loja é imensa, lá compramos lembranças para toda a família, enquanto a Clara se divertia em alguns brinquedos. Na sequencia almoçamos na galeteria Mamma Mia, comida deliciosa, a começar pela sopa de capelete. Terminamos o dia no Mundo a Vapor, que fica ali por perto. A noite fomos no Pizzaria Cara de Mau, onde os garçons se vestem como piratas e fazem algumas performances muito engraçadas. A cidade estava bem bonita com a neblina refletindo as luzes.

Reino do Chocolate Caracol

Pizzaria Cara de Mau


Na segunda o tempo começou com forte neblina, mas a previsão era de abrir, então começamos pelo Minimundo, que nos impressionou bastante pela qualidade e variedade das miniaturas. Foi bem legal ver miniaturas de locais que já conhecemos. Ficamos bastante tempo por lá e finalmente o tempo abriu.

Mini-mundo

Seguimos para Canela, para conhecer a cachoeira do Caracol. Optamos por ir nos Bondinhos Aéreos, para tornar o passeio mais interessante. No local da estação de cima tem uma pequena trilha bem agradável pelo meio da floresta, levando a uma exposição interativa com esculturas de animais de madeira que fazem os sons dos animais reais, as crianças adoram! Depois fomos para a estação de baixo, que tem uma vista frontal da cachoeira.




Depois disso fomos ao Parque Terra Mágica de Florybal. O espaço do parque é maravilhoso, muito grande e florestado, bem bonito e rende uma agradável caminhada. A decoração de alguns espaços também é legal. No entanto nós não gostamos do parque. A proposta é interessante, mas o preço da entrada é muito alto para o que oferece, pois de fato tem pouquissimos brinquedos para as crianças. 2 atrações (bem fracas) lá dentro são pagas, injustificável pelo preço alto da entrada. No final das contas o que a Clara mais brincou foi no brinquedão indoor, esse sim grande e divertido. O parque tem um potencial gigante, mas precisa melhorar muuuuito para cobrar o que cobram. Sei que muita gente adora, mas essa foi nossa opinião.
O melhor da Terra Mágica é a natureza

Coelhinhas simpáticas
Na saída passamos no Castelinho do Caracol, para comer o waffle e a torta de maçã. O Castelinho é muito fotogênico principalmente com a luz do fim de tarde, e seu interior também é legal. Para ir até a cafeteria é necessário pagar a entrada do castelinho, que também já vale para a visita aos comodos. A torta de maça é fantástica, assim como o chá de maça. Terminando o dia passamos na Catedral de Pedra de Canela e jantamos em Gramado um xis no Skillo Lanches, sanduiche típico da cidade.


O dia seguinte estava ótimo, o céu azul, mas já haviamos comprado as entradas para o Snowland. Foi um dia muito agradável e divertido. Passamos muitas horas dentro da área de neve, fazendo aula de esqui. Foi nossa primeira aula de ski e tivemos que fazer os 3 em turmas separadas, pois os horários para crianças eram diferentes e a Clara não podia ficar sozinha enquanto íamos os 2 fazer aula. Confesso que achei bem mais dificil do que eu pensei. Clara também não se deu muito bem e acabou que no tempo que eu tinha depois da minha aula para ficar praticando acabei tendo que ajuda-la pois o professor dela e os monitores não deram muita atenção e ela não conseguia ainda se virar sozinha. Mesmo assim foi bem divertido e achei que valeu muito a pena. Depois passamos um bom tempo escorregando no tobogã. Foi possível porque estava bem vazio, creio que por ser uma terça e pelo dia azul lá fora, e também por termos levado várias meias e luvas e ficamos trocando a medida que molhavam e começavam a gelar. Quando finalmente saímos da montanha de gelo, já era final da tarde, mal deu tempo de dar uma volta na patinação no gelo e correr para a ultima seção do simulador de ski. Nesse dia nem almoçamos e nem fomos na vila alpina, que eu queria muito ver, nos divertimos tanto na neve que nem vimos o tempo passar. A noite jantamos em outra galeteria, a Nonno Mio.

A montanha de gelo

Tobogã das crianças

Dos adultos (e crianças também)
No dia seguinte voltamos a Canela para ir no Alpen Park que não conseguimos fazer na segunda-feira. Nos divertimos na tiroleza e no trenó. Voltamos para Gramado e fomos até o Lago Negro, onde andamos de pedalinho e almoçamos no restaurante Parador Lago Negro. Em seguida fomos para a Aldeia do Papai Noel. Essa foi outra atração que não gostamos. Novamente a proposta é boa, mas tem muito pouco a oferecer. Um absurdo cobrarem extra para dar uma volta no teleferico, já que tem tão pouca coisa para fazer. Vimos outras familias bem chateadas lá dentro. O que mais gostamos foi a casa do Papai Noel em si, que é linda e muito bem decorada e dos 2 cachorros da raça são bernardo, muito lindos! Novamente o espaço é bem bonito e bastante promissor mas precisa melhorar muito.

Lago Negro

A linda casa do Papai Noel

As mais lindas anfitriãs
Jantamos de novo fondue. Adoramos! Lá tem vários restaurantes de fondue, cujos preços variam muito, mas em geral são bons. O desta noite foi o Maison de la Fondue, bem perto do hotel e muito gostoso.



No último dia em Gramado, fomos ao zoológico e ao parque gaúcho. Achamos o zoológico bem agradável, com bons recintos para os animais, além do fato de que nenhum deles foi pego na natureza (pelo menos é o que dizem). Também gostamos de focarem somente na fauna brasileira, é um diferencial. Depois passamos no Parque Gaúcho, onde a Clara quis dar uma volta a cavalo e adorou ver os cachorros. Almoçamos em Gramado no restaurante Bella Gramado, indicado por funcionário do Parque Gaúcho, comida muito gostosa, variada e ótimo preço.

Periquitos comendo os cadarços e uma criança muito feliz

Relaxando

Parque Gaucho
Durante todos os dias e noites andamos muito pelo centrinho de Gramado e achamos a cidade linda e agradável. As inúmeras lojas de chocolates são atrações à parte, muito bem decoradas e com grande variedade de produtos. Nós que fomos durante a páscoa, pegamos muitas promoções na semana seguinte, compramos muito! Nosso ultimo jantar na cidade foi no restaurante Ambrosia, localizado no Boulevard São Pedro, ao lado da Catedral de Gramado, muito gostoso.

Na manhã seguinte, voltamos para Porto Alegre, após o bom café da manhã do hotel. No caminho paramos no Templo Budista de Três Coroas, uma experiência diferente e super legal.