quarta-feira, 2 de maio de 2012

E o desfralde, como anda?

Está fazendo 1 mês desde que iniciamos o desfralde da Clara, acho que é uma boa hora para vir contar como estamos indo. Tivemos avanços mas também ficamos estagnados em alguns aspectos. O processo ainda não está concluído, infelizmente acho que ainda estamos longe disso.
Na escola ouvimos muitos elogios, as professoras todas dizem que Clara está indo muito bem e totalmente dentro do esperado. Em casa, talvez por não termos passado por isso antes, às vezes acho que a coisa está andando devagar demais. E confesso que acho bastante cansativo.

O xixi: acontecem dias em que quase não escapa nenhum na roupa, creio que já teve dia de não ter escapado nenhum (ou não). Massss depende de nós lembrarmos e chamarmos para ir ao banheiro. Ela não pede e é bem difícil isso de acertar a hora que a criança está com vontade de fazer xixi. Quase sempre ela aceita ir e faz no vaso direitinho, mas cada vez mais tem acontecido dela se recusar porque está brincando ou vendo DVD, se forçamos ela chora e dá birra, se deixamos geralmente escapa um xixi. Tenho medo de estarmos todos ficando cansados com toda essa pressão... Ontem foi um dia especialmente ruim no quesito escapadas, ela fez xixi no meu colo e no sofá pela primeira vez!

O cocô: é o grande problema! Clara já fez cocô tanto no vaso quanto no penico muitas vezes, mas prefere fazer na roupa, e é o que faz 99% das vezes. Ela quase nunca faz cocô na escola, só em casa, então lá elas não tem contato com essa parte do desfralde. Ela continua se isolando um pouco, agacha, deita, se debruça em alguma coisa, e faz o cocô na calcinha. Em todo esse mês acho que ela fez cocô no vaso 1 vez, na casa minha tia. Ela foi se enfiando debaixo da mesa, eu percebi e na hora levei no banheiro, ela fez rapidinho. E também 1 ou 2 vezes no penico. Outro dia consegui convence-la a fazer no penico e ela ficou muito feliz, até quis contar pra vovó. Pensei que isso seria um sinal de mudança, mas parece que foi mais um fato isolado. Nós conversamos, explicamos que é muito mais fácil fazer no vaso ou penico, mas por enquanto não temos tido muito sucesso.

Já saímos sem fraldas na maior parte das vezes, só colocamos quando vamos a algum lugar mais longe ou sabemos que ela vai dormir. Foram poucos os acidentes na rua, mas eu fico levando ao banheiro toda hora, e ela geralmente faz numa boa em qualquer lugar, quando tem banheiro de criança com vasinho e pia baixinha então ela delira! No dia do aniversário de Brasília fomos na Esplanada dos Ministérios para o show da Palavra Cantada, mas chegamos muito atrasados e pegamos só o finalzinho. Como tivemos que parar o carro longe e passou muito tempo achei que ela precisava fazer xixi e não me animei a entrar naqueles banheiros químicos (morro de nojo), então fomos num cantinho do gramado, embaixo de uma árvore e colocamos ela pra fazer seu primeiro xixi agachadinha, foi um sucesso!

Enfim, esse post foi só para registrar o progresso do desfralde, espero que no próximo boletim tenhamos conseguido avançar mais um pouquinho. Ah, e nem temos previsão de começar o desfralde noturno, as fraldas normalmente ainda amanhecem cheias de xixi.

2 comentários:

Vô Chico disse...

Esse tipo de aventura parece ser comum a todas as crianças. Com nosso Pedrinho, de três anos, foi assim como você descreve com Clara; e nossa Laurinha, aos dois anos, vai pelo mesmo caminho e ainda não conseguimos nos livrar das fraldas...
Veja as peripécias deles aqui: http://arguciadepedro.blogspot.com.br/

Lia disse...

Kelly, está ótimo, é assim mesmo!! No começo eles não pedem mesmo não. Depois pedem só à vezes, até pegarem o jeito. Hoje Emília tem um controle maravilhoso dos esfíncteres. É treino e, principalmente, amadurecimento.
Quanto à coisa do DVD e do xixi no sofá, uma sugestão: se ela estiver há muito tempo sem fazer xixi e se recusar a ir ao banheiro, coloque a fralda de volta até acabar o filme. Ela tem de escolher: a fralda ou o penico. Fazer xixi no sofá é que não dá!
Outra opção é dizer que só vai começar o filme depois que ela fizer xixi (se ela não tiver feito recentemente, claro). Eu faço isso com Emília na hora de ir ao parquinho.
Ah, e uma última coisa: fique de olho quando ela começar a colocar a mão lá embaixo. É xixi na certa.
E o cocô demora mais mesmo, mas depois que engrena é uma beleza!!
bjos!