segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Fraquejei (sobre o desmame)...

Como já contei aqui, Clara só estava mamando a noite, antes de dormir. No final de semana viajamos e tivemos dias cheios de atividades. Na sexta e no sábado Clara simplesmente não se lembrou de mamar. Eu, obviamente, não ofereci. No domingo antes de irmos pro quarto ela falou que queria mamar. Eu expliquei que não tinha mais, ela nem insistiu, tomou seu copinho de leite e pediu pra deitar em cima de mim. Se agitou bastante, mas dormiu sem pedir pra mamar! Imaginem, sucesso absoluto um desmame assim! 3 dias sem mamar! Acontece que hoje meu peito ficou muito cheio e muuuuito dolorido, passei o dia super incomodada. Chego em casa e o Jorge me conta que ela estava brincando com todos os bichinhos falando em mamar, colocava um pra mamar no outro... Deu uma peninha, e junto com o incomodo do peito, me fez fraquejar. Quando fomos pra cama ela deitou em cima de mim, nem pediu pra mamar, e o peito doía demais. Não aguentei e sussurrei: quer só um pouquinho de mamá? Ela prontamente pulou pro lado e mamou com todo o gosto desse mundo. É, hoje dei um passo atrás no nosso desmame, mas espero que não prejudicar todo o processo. Vou dando notícias.

3 comentários:

Lia disse...

Que lindo, Kelly!! aposto que foi um momento delicioso pra vocês duas. Não vai atrapalhar o processo não, fique tranquila. E qualquer coisa, se você estiver com dor mas não quiser dar o peito, tenta dar uma esvaziada. Depois você pode oferecer o leite pra ela no copo.
Hoje escrevi sobre o nosso desmame. Beijão!

Paloma, a mãe disse...

Acho que não atrapalha, não. E tente esvaziar no banho, acho que tem que esvaziar um pouquinho sempre, até ir secando.
Quem não fraqueja, né? Legal foi vc ter a coragem de contar!
Beijos

Fabiana disse...

Ai, amiga, nada como seguir o coração (e o peito). Tenho certeza que foi um momento único novamente, que vai sempre ficar na sua memória.

Um passo pra trás para dar dois pra frente.

Bjos e acredite, vai dar tuuudo certo.