quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Noites mal dormidas

Clara hoje está com 9 dias, estou para postar sobre esse início mas falta tempo. Filhotinha começou sua vida num dia de muita preguiça para ela, nasceu as 7:30 da manhã e só foi querer realmente mamar lá pelas 3 da tarde, apesar das nossas várias tentativas para que ela mamasse antes. A noite em compensação ela deu um baile nos pais aflitos, que não conseguiam acalma-la. Chamamos a enfermeira, que fez várias tentativas e ela só conseguiu dormir quando a colocamos junto comigo, deitada bem junto ao meu peito, já eram umas 4 da manhã. Depois me disseram que nesse início os bebes sentem muita falta das mães e que é bom que fiquem juntinhos para se acalmarem.
No dia seguinte nossa preocupação foi que ela não fazia xixi o dia todo, só foi fazer na madrugada! No terceiro dia da pequena viemos para casa. Estava tudo ótimo, ela dormia bem, acordando por volta de 3 em 3 ou de 2 em 2 horas para mamar, incluindo durante a noite. Apesar do cansaço por não dormir direito, estava achando ótimo. Minha mãe está comigo me ajudando por uns dias, essa é a sorte.
O problema que temos desde o início é que ela mama e não arrota. Quando colocamos deitada ela fica com muito mal estar, bastante incomodada, e por isso não consegue dormir direito. As vezes se passam 2 ou 3 horas da mamada e quando pegamos no colo ela solta aquele arrotão. Toda vez que deitamos para trocar fraldas, mesmo com o corpinho mais levantado, ela tem uma espécie de refluxo e acaba soluçando. Tenho medo que ela tenha o tão temido refluxo...
Até aí estava tudo bem. Agora, na noite passada e na retrasada, Clarinha começou a sentir alguma dor. É muito triste ver a pequena chorando desesperada, vermelhinha, olhando pra gente pedindo socorro. Noite passada foram umas 4 horas de desespero. Achamos que é cólica, gases ou refluxo mesmo, mas não sabemos.
Ontem foi dia da primeira consulta, mas o médico disse que bebes dessa idade ainda não tem cólica, que só a partir dos 20 dias, é isso mesmo??? Além disso ele disse que mesmo quando for cólica não tem o que fazer, não pode dar remedio, só embalar e esperar passar... Mas gente, é muito ruim ver essas criaturinhas tão pequenas sofrendo assim... O pior é que nas crises ela quer o peito o tempo todo, porque deve pensar que alivia, mas acho que só piora, não sei.
Hoje a pequena ficou inquieta o dia todo e agora a tarde, depois do banho, se acalmou e tá dormindo há umas 3 horas, vamos ver como será a noite, espero que bem mais tranquila.
Vou lá dar de mamar... Falando nisso depois venho falar sobre amamentação...

4 comentários:

Anna disse...

Cala, Kelly, o começo é assim mesmo, difícil.

Mas aos poucos vocês vão se entendendo, ou melhor, se conhecendo. Você ouve um chorinho e sabe o que é (isso não é mito!).

Não se desespere!

Ah! E sobre a cólica é isso mesmo. Dizem que só a partir de um mês, ao menos com meu filho foi assim. E isso também passa.

Beijinho e muita coisa boa pra vocês.

Ro Souza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ro Souza disse...

Ai qd eles soluçam dá uma pena! Mas não tem o q fazer, só esperr mesmo. Qt ao arroto tb tive dificuldade, a Moema só arrota um pouquinho, duas vezes no máximo aí coloco ela deitada de ladinho p nao ter refluxo. Veja esse vídeo, quem sabe ajuda vcs terem uma idéia p melhorar a situação. http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI4003-15547,00-COMO+FAZER+O+BEBE+ARROTAR+VIDEO.html

Fabiana disse...

Nossa, Kelly, a Clara é linda. Parabéns, viu?!
Nossa história é bem parecida.
A Laura nasceu dia 18, graças a Deus perfeita e saudável.
Agora, estamos nós aprendendo a ser mãe e filha mas estou apaixonada: ser mãe é um amor que não cabe no peito!
Bjão.