terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Curso para papais em Brasília

Venho querendo fazer um desses cursos para gestantes há uns meses e acabei conseguindo perder todos os que aconteceram nesse período que estou procurando. Quando eu descobria o de um hospital e ligava, o curso tinha acabado de acontecer e no mês seguinte não iriam oferecer, ainda mais neste periodo de final de ano. Em janeiro tinha finalmente conseguido agendar um para o início de fevereiro, mas chegando bem perto foi cancelado. O proximo só aconteceria depois do nascimento da Clara. Esse pessoal então me indicou um curso bem mais rápido que os dos hospitais e que é pago (os hospitais que liguei oferecem cursos gratuitos). Fiquei meio desanimada, mas por falta de opção resolvi fazer.
Fui surpreendida com a qualidade do curso, achei bem legal. É verdade que não conheço os outros para comparar, mas vejo de cara algumas vantagens: as turmas são de no máximo 3 casais, a minha tinha 2; o espaço é super aconchegante e o ambiente descontraído; cada módulo (pré e pós-parto) dura 4 horas, nos hospitais o curso dura 3 dias meio período. Fiz só o pós-parto e pra mim foi bem útil, acho que vai ajudar bastante, principalmente a parte da amamentação. A pessoa que dá o curso é uma enfermeira especializada em cuidados com o bebê e em amamentação, muito experiente e gente boa. Outra coisa que gostei é que ela presta uma espécie de consultoria domiciliar para quem tiver problemas com o bebê depois do parto. Espero não precisar, mas achei bom conhecer alguém que faça isso, caso seja necessário.
A Clinica também oferece outros cursos, tais como: Shantala (quero fazer!), curso para babás, vovós, etc.
Segue então a referencia:
Maternar - Clinica de assistencia perinatal
Contato: (61)3036-1031
Fica no Centro clínico Sudoeste.

2 comentários:

Fabiana disse...

Oi Kelly.
Eu tb fiz um curso de gestante aqui em Araraquar. Mas esse durou 1 mês e meio. Foi bemmmm aproveitado e cada aula falava de uma assunto.
Apesar de torcer para não precisar, o curso aqui tb oferece durante todo o primeiro mês um auxílio emergencial em casa.
Só que diferente do seu, esse era só para mulheres. Os maridos só sabiam das coisas por tabela.
Mas vamos que vamo que nossa hora ta chegando.
Bjokas.

Ro Souza disse...

Ai, eu tb perdi os cursos do mesmo jeito qd ligava ja tinha passado ou estava esgotado. Decidi não fazer...o pós parto vai ficar por conta da experiência da minha mãe e da minha sogra!