quarta-feira, 5 de junho de 2013

Alemanha - Colonia e Nuremberg

Após 5 maravilhosos (e frios) dias em Amsterdam, seguimos viagem. Compramos tickets de trem (Europass) aqui no Brasil e fizemos quase todas as viagens de trem, com exceção de um trecho de ônibus.

A saída de Amsterdam foi tensa, pois queríamos pegar o trem às 8 da manhã no domingo, e só depois descobrimos que o primeiro tram (bonde) que nos levaria para a estação central só passaria as 7:30 na nossa rua. No final foi aquela correria, mas conseguimos chegar a tempo e saímos no horário combinado. Foram 2:40h de viagem até Colonia, onde decidimos desembarcar para conhecer a famosa catedral e um pouco da cidade. A catedral realmente é fantástica, monumental, tão cheia de detalhes que a gente se perde observando, lindíssima! A cidade também é bonita, principalmente próximo ao rio, mas nada de extraordinário. Depois de andarmos um pouco voltamos para a estação para pegar o próximo trem e seguir para Nuremberg. Quando chegamos perguntamos em todos os pontos de informação e eles nos informaram um numero de plataforma, mas não constava nosso trem em lugar nenhum. Fomos para a plataforma, achando aquilo tudo muito estranho. Faltando alguns poucos minutos o Jorge consultando nossos papéis desvendou o mistério: estávamos na estação errada! Nosso trem passaria na outra estação de Colonia! Nessa hora tinha um trem parado, as pessoas terminando de embarcar e o Jorge percebeu que ele passaria na estação que deveríamos embarcar e começou a dizer para eu entrar no trem, mas estava cheio de gente na porta, nós cheios de malas, a Clara dormindo do carrinho e eu não conseguia entrar, além disso eu não estava entendendo nada porque tínhamos que pegar aquele trem. Depois de muita confusão conseguimos nos enfiar dentro do trem até a próxima parada, que seria na estação correta, isso em cima da hora. Chegamos lá bem rápido (os trens são mesmo muito pontuais!) e saímos correndo novamente procurando a plataforma. A estação só tinha escada, a gente correndo com mala e carrinho e a Clara já acordada no colo e chegamos bem na hora que o trem já ia partir. Um funcionário nos viu, fez sinal e o trem nos esperou. O engraçado é que quando chegamos perto do trem o funcionário gritou um número de vagão, que estava muito lá na frente. Saímos em disparada procurando aquele vagão e entramos. Já dentro do trem descobrimos que nosso vagão era de fato próximo ao lugar onde estávamos antes, e tivemos que voltar tudo de novo, só que agora com calma, por dentro do trem. Nessa hora o que fizemos foi dar risada, pois a situação toda foi surreal. O restante da viagem foi bem tranquila e chegamos em Nuremberg no início da noite.

Nuremberg - essa cidade entrou no nosso roteiro porque descobrimos que lá tem um parque Playmobil. Um dia vendo um blog, que infelizmente não me lembro qual foi, li sobre um parque Playmobil na França. Eu e o Jorge adorávamos Playmobil quando crianças e o parque parecia muito interessante. Então pesquisamos e vimos que tinha um próximo a Nuremberg, que estava no nosso caminho, então decidimos parar por uns dias. Depois descobrimos que é uma cidade muito bonita e que valeria a pena conhecer. Essa foi uma ótima decisão, pois fizemos excelentes passeios por lá. No dia seguinte a nossa chegada seguimos para o Playmobil FunPark. Foi um pouco difícil chegar, pois o site apresenta poucas informações em inglês e ninguém sabia nos informar como chegar até a parada do ônibus indicado. Com o mapa incompreensível que tem no site em mãos pegamos metrôs e conseguimos chegar. O Parque coloca bonequinhos Playmobil ou cartazes em pontos chave, tais como o ponto do ônibus e o local onde deveríamos descer, o que facilitou bastante. O motorista do ônibus nos confirmou que passava lá, mas só entendeu o nome do parque, pois não falava nada de inglês, assim como quase todas as pessoas que tentamos pegar informações. Depois de descermos do ônibus ainda tinha uma caminhada de uns 15 minutos, mas bem tranquila. Posso dizer sem dúvida que este foi o melhor passeio para a Clara. O parque é simplesmente fantástico, tem uma área externa imensa, cheia de Playmobis de todos os temas possíveis, em tamanho grande, tais como castelo medieval, barco pirata, casa na árvore, dinossauros, fazendinha, velho oeste, e por aí vai. Além de parquinhos de todos os tipos possíveis e imagináveis, incluindo partes pra brincar na água, coisa que as crianças de lá amam. Em uma grande área fechada, há uma estrutura enorme onde as crianças sobem e ficam passando de uma torre para a outra, através de passarelas e descendo em escorregadores. Pra finalizar tem a área onde as crianças brincam com os bonequinhos de tamanho normal, os pequenos. Cada "ilha" tem um tema, onde a criança senta e vai montando como quiser. Tem caixas de bonecos, móveis e peças de todos os tipos para usar. Clara ficou deslumbrada. Ela chegava em um brinquedo e não queria mais sair, nós tínhamos que insistir pra ela ir conhecer outra coisa. Nesse mesmo salão tem um grande café onde os pais se esbaldam com tortas e cafés gostosos. Além disso tem uma estrutura impecável, com restaurante de qualidade, lanchonetes, banheiros excelentes. E na saída uma loja maravilhosa, com preço nada comparáveis com os daqui, tive que segurar Jorge e Clara, pois senão eles teriam trazido a loja toda.

No dia seguinte fomos conhecer Nuremberg. Andamos bastante pelas ruas, fomos ao castelo, comemos salsichas e joelho porco deliciosos. Foi um dia muito gostoso, a cidade é linda e vale a pena conhecer. Comemos muito bem em todos os lugares que fomos, e até a Clara começou a comer melhor. Ainda tem museus, tais como o de história alemã e o do nazismo, que devem ser super interessantes, mas não tivemos tempo de visitar. No último dia até tentamos dar uma passada, mas era feriado e estavam fechados.

No dia seguinte rumamos para uma cidade próxima, Bamberg. Fomos pela manhã e o Jorge já estava com a ideia de voltar ao Playmobil. Eu achei um pouco loucura, pois eram em lados opostos, mas fui voto vencido. Apesar de Bamberg ser uma cidade linda também, achei que foi um passeio mal aproveitado e que só serviu pra nos cansar, pois vimos tudo correndo e voltamos toda aquela distancia direto ao Playmobil, chegamos lá  por volta das 15 horas e ficamos até o fechamento, as 19. Nessa segunda visita direcionamos a Clara para os locais onde ela não tinha brincado no outro dia e para os que ela tinha mais gostado. Com o dia lindo, céu azul, o parque estava bem cheio, mas como o espaço é muito amplo não chegou a atrapalhar. Novamente ela curtiu demais.

Então, para quem for a Alemanha com crianças e puder passar por Nuremberg não pode perder este lugar, é um sonho para a criançada!

Agora as fotos:

Colonia: A Catedral é lindíssima por dentro e por fora, mas difícil de fotografar.


Playmobil Fun Park:

















Nuremberg:












Serviço: http://www.playmobil-funpark.de/en

5 comentários:

lolo disse...

Que legal essa viagem, hein! A Clara tá linda, o cabelo dela está enorme, muito fofa! bJS

Eliane Senna disse...

Boa noite!!

Muito legal o relato de vocês, parabéns!! E que ótimo poder contar com a experiência de pais que viajam com crianças!

Estamos com viagem marcada para Lisboa, Colônia (Alemanha), Amsterdam, Bruxelas e Paris com duas crianças, uma com 2 e outra com 4 anos de idade. Estamos na dúvida se levamos carrinho de bebê, alugamos por lá, ou vamos "na tora" e no ritmo das crianças... Vocês levaram carrinho para a Clara, certo? Quantos anos ela tinha quando foram à Paris? Vocês chegaram a ir a alguma dessas cidades que citei? Desculpa tantas perguntas, mas não consegui ler todos os relatos de vocês, e se puderem nos ajudar com dicas seria ótimo!!

Um abraço!

Eliane

Kelly Resende disse...

Oi Eliane,
Nós sempre levamos carrinho em viagens. Minha filha não é de andar muito e só conseguimos passear com o carrinho. Quando ela tinha 3 anos fomos para Amsterdam, Colonia, Nuremberg, Praga e Berlin. Quando fomos a Paris e sul da França ela tinha 4 anos. Sempre usamos muito o carrinho, então acho que vale a pena levar sim. Tenho posts de Amsterdam e de Paris aqui no blog.
Se quiser deixa um email que te mando os links.
Abraço
Kelly

Carolina Rocha disse...

Estou querendo ir para Alemanha em abril qdo meu filho terá um ano e meio. Acha que ele terá atrações compatíveis com a idade dele no parque Playmobil??

Kelly Resende disse...

Oi Carolina, só vi hoje sua pergunta, desculpe. Eu acho que ele curtiria bastante o parque se tiver tempo bom. A parte fechada eu não sei pelo fato de ter todos os tipos de brinquedinhos playmobil para eles brincarem a vontade tem o risco de colocar na boca, teria q ficar de olho.