quinta-feira, 31 de março de 2011

Alimentação sem restrições

No meu último post a Fabiana perguntou no comentário sobre a alimentação da Clara e só aí me dei conta que não falei sobre o resultado dos ultimos exames aqui.
Como eu já contei, o médico tinha pedido pra gente dar leite ou derivados para a Clara e depois de 4 dias deveríamos repetir os exames de fezes para verificarmos se apareceria algum sinal de intolerância à lactose. Tivemos um pouco de dificuldade porque ela de repente não queria tomar o leite, já que faz tempo que não dou mais nenhum leite além do materno, mas ela comeu pão de queijo gostosinho feito pela vovó, queijo branco e bolacha maisena. Em um dia ela tomou 60ml de leite no copinho de treinamento, acho que pensou que fosse suco. Não foi o ideal, mas acho que suficiente para repetirmos os exames e os resultados foram todos normais!!! Fiquei muito feliz, pois agora sei que não preciso ficar me preocupando com essa restrição alimentar, claro que não vou abusar e sair dando um monte de coisa com leite pra ela, ou até mesmo leite artificial, mas agora sei que ela pode comer uma coisinha ou outra de vez em quando e que não vai passar mal. É muito ruim a gente viver com essa neura que a criança pode passar mal com alguma coisa. Um dia numa festinha a Clara pegou um salgado no chão e quando eu vi ela estava comendo. Além de ser do chão, ainda tinha o fato de ter leite, e eu fiquei toda preocupada, achando que ela podia passar mal, fico observando cada coisinha e procurando "cabelo em ovo".
Na prática esse resultado não mudou em quase nada a alimentação da Clara no dia-a-dia, ela continua só mamando no peito e não toma outro leite, mas serviu principalmente para nos tranquilizar. O que acrescentamos as vezes é um requeijão ou queijo branco no pão, que ela curtia horrores e que agora não liga muito, pão de queijo e uma ou outra coisinha no lanche. Agora também eu já libero uns pedacinhos da minha comida mesmo quando vai leite, como crepe por exemplo.
Ela continua sem muito entusiasmo para comer. Na creche todo dia dizem que ela come bem. A comida ainda é bem molhadinha, mas nas próximas semanas com a mudança definitiva de turma deve se tornar mais sólida e acrescentam um carboidrato nos lanchinhos. Em casa ela reluta pra comer e come bem menos que antes. Acredito que isso piorou em função da sequencia de doencinhas que ela teve recentemente, que acaba tirando mesmo o apetite. E agora ela tem aquele reflexo de negar qualquer coisa, mesmo sem saber o que é, está começando a fase do Não.

Então é isto, depois volto pra falar do assunto que vem me preocupando: as birras e o comportamento que está impossibilitando qualquer saída de casa para jantar.

Ah, em tempo, povo de Brasília, vocês vão ao show da Palavra Cantada? Nós vamos.

5 comentários:

Lia disse...

Não vamos... achei que pelo preço não valia à pena levar uma criança tão pequena. Não sei se Emília notaria muita diferença entre os feras da palavra cantada e minha irmã tocando violão. No próximo, quando Emília estiver maiorzinha, com certeza estaremos lá!

Fabiana disse...

Nossa.. que legal Kelly, Clarinha então agora está liberada para comer tudinho. Que fofa!

verdade, não que vamos dar tudo para a criança comer agora, mas saber que podemos oferecer nos deixa tranquila.

Por aqui, estamos no final do tratamento homeopático da alergia.
Ainda temos abril inteiro e em maio vamos começar a oferecer derivados de leite para a Laura. Aqui o problema foi alergia mesmo e ela ficou todo empipocadinha. Oremos para que dê tudo certo.

Que legal um show da Palavra Cantada heim?! Adoro a música Minha mãe vai me dar um irmãozinho... Eles fazem umas caretas ótimas.

Bom show pra vcs então.

Bjos.

Dayane Cavalcante disse...

Que ótimo que a Clara não apresentou alergia em Kelly?!!Isso evita muitas preocupações...
Menina eu tava doida para ir para esse show, o Levi amaaaaaa a música da Sopa, ele para tudo para ouvir essa música, é uma delícia de ver, até pensei em ir, mas acho o Levi muito pequeno e não vai curtir muito, então fiquei com medo de pagar tão caro(o ingresso é muito caro, pra variar né...)pra não curtir quase nada...Sei que eu e o Cristiano iríamos curtir muito,rss, porque amamos o DVD, já o Levi não sei, fiquei com medo de arriscar, então fico esperando que daqui 1 ano eles voltem!Rss!!
Bjos e bom show!!

Paloma, a mãe disse...

Vamos, sim, Kelly. Vou no primeiro horário, e vcs?
E que alívio ela não ter mais esta intolerância!! A da Ciça passou com 1 ano também e foi um alívio grande, é tão melhor viver sem (mais) estas neuras, né?
Beijos

Lu Azevedo disse...

Puxa Kelly, que noticia ótima! Realmente um alivio saber que a Clara não tem nenhuma intolerancia.

Agora, sabe o que me deu água na boca? Ler sobre o requeijão! Menina, aqui não existe isso não. Nem requeijão, nem queijo de catupiry que eu amo! Ai, ai... fazer o quê, né?

Sobre o Nic, felizmente é sim a primeira febre dele, e mesmo assim não passou de 38.5. Graças à Deus! Nem mesmo qdo os dentinhos nasceram - cujo processo foi SUPER dolorido, ele chorava muito sempre.

Mas enfim. Curtam o show da Palavra Cantada! Fiquei com invejinha branca, viu? :)

Beijos!!!

Lu